quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Gritos... - Por: Lígia Rosso

A voz que grita
não me fere.
Me dói essas vozes
sem força,
sem vida,
sem nada!

Vozes que sabem
o que dizem
só pensam saber.

Há silêncios que falam por si.
Há barulhos
e blábláblá vazios,
não há o que declarar!

Gritos imundam
almas aflitas.
Reflito e grito
pra dentro de mim...

Resultado imediato:
sonhos inacabados
e fim.

2 comentários:

Rose disse...

ótimo amiga... as vezes um silêncio grita mais alto do que mil vozes gritantes entoando o vazio!
Ainda prefiro o silêncio!
Mas se for por amor, EU GRITO!
RSS...BJO!!

Camila Jornada "Análise do ser" disse...

São vozes mornas que não sabem dizer, não belisca e não mexe, fica tudo em branco...

Abraços

Camila Jornada

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...