domingo, 15 de junho de 2008

Além de tudo... - Por: Lígia Rosso

Além do que vejo,
muito além do horizonte
se esconde um sonho
de paz e felicidade.

Aqui estou a olhar
e além de tudo que há
busco encontrar a estrada certa,
o rumo que me levará
adiante e sempre...

...não quero mais para o que passou retornar.
Sigo sim, adiante e avante.
Sempre em frente,
porque além de tudo que há
ainda haverá muito mais para desvendar!

2 comentários:

Rhenan disse...

Busco o caminho certo, correto, apesar de saber que as pedreiras estão ai... e com imprescendível indignação...

Tudo começa na ida,
desde que a tristeza
não me aborreça,
estando longe da vida.

É um jeito diferente
como a derrota do herói,
Lastima-se carente
o que a tristeza destrói.

Com rumos destinados,
tentando ver minha vida,
um sentido ordenado
não encontro nessa ida.

Indeciso, caminho.
Minha estrada, minha ambição.
Percorro meu objetivo
indignado pela imaginação.

Rhenan disse...

É. também vou em busca de meu caminho, buscando a maneira correta. Sempre teremos as pedreiras pela frente, mas isso nos torna mais ambiciosos em busca de nossos objetivos e, assim, tenho uma imprescindível indignação:

Tudo começa na ida,
desde que a tristeza
não me aborreça,
estando longe da vida.

É um jeito diferente
como a derrota do herói,
Lastima-se carente
o que a tristeza destrói.

Com rumos destinados,
tentando ver minha vida,
um sentido ordenado
não encontro nessa ida.

Indeciso, caminho.
Minha estrada, minha ambição.
Percorro meu objetivo
indignado, mas com imaginação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...